sexta-feira, 31 de maio de 2013

Memphis Grizzlies: Começo em Vancouver no Canadá

Para quem não lembrar a fraquia Grizzlies começou em 1995 quando entrou na NBA, juntamente com a também canadense Raptors, de Toronto, onde estão até hoje. Na primeira temporada o Grizzlies de Vancouver acabou a  temporada com 15 vitórias e 67 derrotas e o último lugar na conferência Oeste. As campanhas ruins eram bem comuns enquanto a equipe ficou no Canadá, e no começo dela em Memphis. A equipe foi para Memphis na temporada 2001-2002 e apenas em 2004 com Pau Gasol no time a equipe conseguiu ir pela primeira vez aos Playoffs.

Logo do Vancouver Grizzlies
Uniforme da equipe quando o Grizzlies eram do Canadá

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Memphis Grizzlies e o Draft de 2013

O Draft de 2013 é no dia 27 de junho e o Grizzlies terá as escolhas 41, 55 e 60

No dia 27 de junho de 2013 acontecerá o Draft da NBA, esse ano, como tem acontecido ultimamente, graças as boas campanhas das ultimas temporadas, não tem nenhuma escolha alta no draft. Este ano o Memphis Grizzlies terá apenas três escolhas de segunda rodada, tem as escolhas de número 41, 55, e a última do draft de número 60.

O Grizzlies enfrenta uma grande necessidade de fortalecer o elenco, podendo ter reservas de qualidade alternar o tempo de quadra entre nossos jogadores em deixar o nível cair. Com as nossas escolhas de pick muito baixo não devemos escolher nenhum grande craque que venha a ajudar a equipe imediatamente, como sempre os picks de segunda rodada são menos utilizados, sendo mandados para a D-League, alguns vão para a Europa, para ganhar tempo de quadra e desenvolver melhor o seu basquete, um exemplo é o rookie Tony Wroten que passou parte da temporada no Reno Bighorns, filial do Memphis na D-League, onde teve médias de 15.7 pontos e 3.2 assistências em 10 aparições na "série B" da NBA, e mostrou-se como sua carreira apontava na faculdade, como um pontecial pontuador e não tão um distribuidor de jogo. Na NBA, Wroten por exemplo teve médias de 2.6 pontos e 1.2 assistencias em 35 partidas, na qual teve media de 7.7 minutos, ele com certeza será mais utilizado nessa temporada e dará mais descanso a Mike Conley e Tony Allen.

Após fazer algumas besteiras no draft como por exemplo a nossa segunda escolha de 2009, onde escolhemos Hasheem Thabeet, draft esse que dizem que muitos jogadores preferiram não jogar em Memphis alegando que não seria uma boa franquia. 

Uma das piores escolhas de Draft da história, Hasheem Thabeet, número 2 da classe de 2009

Por ter apenas escolhas de segunda rodada o Memphis deverá pegar jogadores nos quais os frutos só irão aparecer daqui a 2 ou 3 anos, isso se eles atuarem pela equipe do Grizzlies.
Segundo o Mock Draft da CBS o Memphis irá selecionar o armador Pierre Jackson, e os alas Alex Oriakhi e Robert Covington nas posições 41, 55 e 60 respectivamente, diz o analista de CBS que Pierre Jackson e Robert Covington são bons pontuadores, enquanto Alex Oriakhi é um bom defensor, que pode compor o elenco. 

A não ser que a equipe planeje alguma troca envolvendo escolhas altas, nossas expectativas para este Draft não são muito altas, o que importa é pegar jogadores com potencial que possam ser utilizados o mais cedo possível. 

terça-feira, 28 de maio de 2013

Memphis perde o jogo 4 e se despede da temporada 2012-2013 da NBA

A equipe tentou, correu atrás do placar o jogo inteiro, apesar de diversas vezes encostar no placar não conseguiu vencer o jogo e acabou derrotada por 93 x 86. Com o fim da série (4-0 para o SAS) o Memphis acaba essa temporada da NBA tendo feito sua melhor campanha da história, chegando a final da conferência Oeste, mostrando um bom basquete, mostra que o bom trabalho de reconstrução iniciado a alguns anos atrás está fazendo a equipe do Grizzlies colher bons frutos e mostra o futuro parece ser promissor.

A defesa sufocante dos Spurs foi a pedra no sapato da equipe do Grizzlies

















Análise

O Spurs começou com tudo o quarto jogo da série,  querendo acabar logo com o jogo começaram a mil por hora e fecharam o primeiro quarto com 10 pontos de vantagem, no segundo quarto nossa equipe esboçou uma reação, mas ficou correndo atrás do placar a partida inteira. Mais uma vez a defesa do SAS foi muito forte e conseguiu neutralizar tanto nosso garrafão com Gasol e Randolph como também limitaram Mike Conley e Tony Allen que fizeram 9 e 4 respectivamente. A equipe do Memphis arranjar uma maneira de furar esse bloqueio, nos 4 jogos apesar de levarmos 2 jogos para a prorrogação, a equipe não conseguia impor seu jogo ofensivo e pecava demais no seu forte o jogo defensivo, Tayshaun Prince deixou muito a desejar defensivamente, não conseguíamos parar Tony Parker que fez 18 assistências em uma partida,  ontem por exemplo fez 37 pontos e 6 assistências. O jogo de ontem realmente foi o fim de uma série que sem dúvidas poderia ter sido maior, eu acreditava que seria decidida entre 6 ou 7 jogos, jamais em 4 sendo varridos, de qualquer maneira a equipe fez uma temporada brilhante e mostra que boas campanhas virão nas próximas temporadas.

A temporada que se encerrou para o Memphis nesta terça-feira(27/05) mostra que a equipe está no caminho certo, porém se quiser brigar por título terá que desembolsar algum dinheiro, ou pensar em alguma troca vantajosa, para reforçar principalmente nosso banco que acredito ser nosso ponto fraco, é mediano pode ser melhor. Como não temos nenhum pick alto no draft, temos apenas o 41, 55 e 60 não devemos conseguir nenhum grande craque para resolver nosso problema imediatamente. Portanto reforçar nosso elenco, que já está ficando experiente é o caminho para que nas próximas temporadas nossa equipe entre forte na briga pelo título da NBA.

Destaque Positivo

A equipe não foi bem de maneira geral, Quincy Pondexter foi o cestinha da equipe com 22 pontos, e ajudou a recolocar o time de volta na partida acertando bolas importantes.

Destaque Negativo

A equipe toda deixou a desejar, entretanto novamente Zach Randolph foi anulado pela defesa do Spurs e não conseguiu impor seu jogo.

Projeções 

Agora o blog não terá a mesma quantidade de posts que tivemos nesse início, em breve falarei sobre nossas projeções para a próxima temporada, reforços, boatos de contratações, nossas expectativas para o Draft de 2013, e qualquer novidade que acontecer vamos compartilhar aqui com os fãs do Grizzlies. No início da temporada 2013-2014 voltaremos com tudo fazendo analises de todas as partidas da equipe na próxima temporada.

Para quem quiser ajudar o blog a crescer, fazer algum post, críticas, comentários entre em contato através do nosso e-mail memphisgrizzliesbr@gmail.com




domingo, 26 de maio de 2013

Após abrir 16 pontos de vantagem no 1º quarto, Memphis não segura o ritmo perde para o Spurs na prorrogação e vê o adversário abrir 3-0 na série

Parecia que iríamos ganhar, após um primeiro quarto arrasador, no qual minamos os arremessos do San Antonio e forçamos a equipe do técnico Gregg Popovich cometer muitos erros, fazendo que o o Grizzlies abrisse 16 pontos de vantagem no primeiro quarto, o Memphis não conseguiu manter o ritmo, contou ainda com um arremesso errado de Mike Conley que poderia dar a vitória ao Grizzlies, não deu. O jogo foi para a prorrogação e nela o Memphis pouco jogou, viu a equipe do San Antonio deslanchar e ai faltou experiencia, era tarde e a equipe do Tennessee acabaria perdendo a partido por 104 x 93.

Spurs abre 3-0 e complica situação do Memphis.
















Análise

Parecia que iríamos fazer valer nosso mando de quadra, a torcida compareceu o clima de Playoffs estava criado, o primeiro quarto brilhante dava a certeza a torcida de que a vitória aconteceria, mas o segundo quarto veio o Spurs apertou e o Memphis foi para o terceiro quarto com apenas 4 pontos de vantagem. Mas a partida seguiu equilibrada, era Memphis na frente, San Antonio empatava, Memphis na frente, San Antonio atacava e virava, e a partida seguiu nesse vai e vem até que, no último quarto Manu Ginobili erra um arremesso e a equipe do Memphis consegue um rebote com 20 segundo no relógio, o técnico Lionel Hollins pede tempo e com o jogo empatado em 86 x 86 era a chance do Grizzlies trabalhar a bola e conseguir o arremesso vencedor, após gastar o relógio, Mike Conley tenta partir para a bandeja vencedora porém marcado por Tiago Splitter o arremesso saiu longe assim como a chance do Grizzlies ganhar a partida. Na prorrogação o show de horrores do Memphis foi absurdo, viu o SAS jogar bem e faltou cabeça para virar a situação.
De uma maneira geral a partida acabou desastrosa do Memphis, o Randolph novamente muito abaixo do que dele se espera no ataque, os patéticos 39% de arremessos de quadra, e os ainda mais patéticos 55% de lances livres (10-18), pontos esses que fizeram falta para a nossa equipe, destaque especial para o Randolph com 5-14 nos arremessos e 4-8 nos lances livres.
Zach Randolph não tem conseguido brilhar ofensivamente, apesar dos 15 rebotes que conseguiu, nós sabemos que ele pode render muito mais.
A equipe toda esta aquém das suas capacidades, e tem encontrado dificuldades para atacar a forte defesa do Spurs, além do fato do Spurs ter mais peças de reposição que o Memphis. Porém precisa intensificar sua capacidade ofensiva caso queira alguma coisa nessa série, caso contrário corremos os risco de sermos varridos nessa série.

Agora após ver o Spurs abrirem 3x0 na série a situação está muito complicada, nunca uma equipe reverteu tamanha vantagem, precisaremos jogar como nunca para reverter essa situação, impossível não é mais a postura precipitada da equipe terá que mudar, senão veremos essa série acabar na próxima terça-feira.

Destaque Positivo

O primeiro quarto da equipe, anulamos o San Antonio ofensivamente e forçamos a equipe deles a cometer muitos erros.

Destaque Negativo

A postura da equipe na prorrogação, faltou calma e cabeça.

Próximo jogo segunda-feira as 22:00 horário de Brasília ao vivo na ESPN

sábado, 25 de maio de 2013

Jogo 3 ao vivo na ESPN



Após começar perdendo a série por 2x0 fora de casa, o Memphis Grizzlies fará sua primeira partida no Estado do Tennessee e tentará empatar a série nos próximos 2 jogos dentro de casa.

A partida de número 3 é neste sábado as 22:00 horário de Brasília e terá trasmissão ao vivo pela ESPN.

Vamos esperar uma postura diferente do time jogando dentro de casa e que se repita contra o Spurs a história que tivemos contra o Clippers.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Memphis reage no final, leva o jogo para prorrogação mas deixa o Spurs abrir 2-0 na série

Apesar da boa partida de Randolph (no segundo tempo, é bom dizer) que acabou o jogo com 15 ponto (6-18 nos arremessos de quadra) e 18 rebotes, 7 deles ofensivos, o Memphis pagou o preço pelo baixo rendimento no segundo quarto, no qual perdeu por 31-18 e apesar de esboçar uma reação no final e levar o jogo para a prorrogação o Memphis não conseguiu a vitória, no jogo que acabou em 93-89 e deixou o Spurs abrir 2-0 nas finais do oeste.


Com 15 pontos e 18 rebotes Tony Parker foi o destaque da partida, o Memphis tem que parar o francês caso queira ir a final da NBA
Análise

O Memphis novamente teve um baixo aproveitamento nos arremessos de quadra, principalmente em arremessos de longa distancia onde teve, patéticos 29% de aproveitamento, fruto da baixissima marca de 5-17 na linha de 3. 
Apesar de dominar o garrafão pegado 14 rebotes a mais que o Spurs o Memphis não tem conseguido contar a pressão ofensiva do time do San Antonio, apesar do baixo placar 93-89 o Grizzlies tem deixado Ginobili e Parker fazerem a festa no pick-n-roll com Duncan e Splitter.
Esse problema em conter o baixo rendimento ofensivo de Tony Allen e como sempre Tayshaun Prince tem prejudicado muito o Memphis nessa série. Todo sabíamos que quando a troca entre Prince-Calderon-Gay foi feita o Grizzlies trocaria um grande pontuador por um excelente defensor (que nesta série em especial não está muito bem, tanto é que jogou apenas 16 minutos ontem em um jogo onde teve prorrogação), entretanto quando a ótima defesa não aparece é preciso compensar um pouco com qualidade ofensiva, coisa que Tayshaun não esta conseguindo nessa série.

É bom lembrar que após a troca, o Memphis teve a terceira melhor campanha da NBA, atrás apenas do Miami Heat e do Denver Nuggets, portanto não quero crucificar ninguém apenas citar um problema que tem nos prejudicado nesta série.

No sábado o Grizzlies entrará novamente em quadra, e se quisermos algo esta temporada temos que fazer valer nosso mando de quadra. Quem sabe contra o Spurs não se repita a história que aconteceu contra o Clippers, quando começamos perdendo de 2-0 e viramos para 4-2 fechando a série no Staples Center.

Destaque Positivo

Marc Gasol apesar dos 4-12 nos arremessos de quadra, ajudou a equipe com 14 rebotes e 4 assistências, longe de ter sido brilhante, porem ao menos tem sido regular.

Menção honrosa a recuperação de Randolph em comparação com o primeiro jogo, e Jerryd Bayless que com 18 pontos 3 assistências e 3 rebotes foi importante para a equipe.

Destaque Negativo

Tayshaun Prince, fraco no ataque, deixou a desejar na defesa e jogou 16 minutos, mais do que merecia.

PRÓXIMA PARTIDA

MEM vs  SAS  Sábado (25/05) às 22:00 horário de Brasília
NO FEDEXFORUM EM MEMPHIS

terça-feira, 21 de maio de 2013

Hoje tem jogo 2 ! Ao vivo na ESPN




Fora de casa o Memphis Grizzlies encara o San Antonio Spurs na segunda partida da série melhor de 7 contra a equipe texana. Na primeira partida vitória do SAS, 105 x 83. Hoje é a chance do Memphis vencer fora de casa e inverter o mando de quadra !

MEM vs SAS Terça  (21/05) às 22:00 horário de Brasília AO VIVO NA ESPN


Curta nossa página no Facebook "Memphis Grizzlies Brasil"


domingo, 19 de maio de 2013

1º jogo das finais do Oeste - Grizzlies 83 x 105 Spurs

Com atuação apagada de Zach Randolph, Memphis não vê a cor da bola na primeira partida das finais.

Em jogo com atuação fraca de Randolph o Memphis não teve forças para superar o Spurs fora de casa. O Memphis foi inferior em 3 dos 4 quartos, ganhando apenas o segundo por uma vantagem de apenas 3 pontos, a equipe não conseguiu impor seu jogo e foi dominada técnica e taticamente pelos Spurs.

Noite fraca de Randolph que sofreu para impor seu jogo ofensivo diante de Duncan e Splitter

Análise

Não deu para o Grizzlies, o garrafão do Spurs limitou em muito o jogo de Randolph, que após fazer 28 pontos e 14 rebotes no ultimo jogo da série contra OKC, saiu da partida primeira partida da final com míseros 2 pontos e 10 rebotes, sendo 7 desses no segundo tempo de jogo, na primeira etapa o Randolph saiu zerado em pontos e com apenas 3 rebotes, todos eles defensivos.

A equipe não conseguiu imprimir um bom percentual nem de arremessos de quadra, de 3 pontos nem lances livres acabando a partida com um desempenho muito abaixo do esperado, tendo superado San Antonio apenas em rebotes, 35 contra 33 e infelizmente em erros, possuindo um a mais que a equipe do Texas.

Game StatFG%3P%FT%REBTO
MEM43.241.7703512
SAS52.648.378.63311


A defesa do Spurs foi o que limitou o Memphis, as duas equipes são muito aplicadas taticamente, porém a intensidade da defesa do Spurs minou as chances do Memphis taticamente
A equipe do Memphis não teve nenhum grande destaque individual no jogo sendo que o maior pontuador, maior reboteiro e jogador com mais assistencia da partida foram da equipe do Spurs, sendo eles, Tony Parker, Tim Duncan e Parker respectivamente.

O maior defeito da equipe foi permitir tantos arremessos de longa distancia para o SAS, eles arremessaram 29 bolas de 3 e acertaram 14 tendo 48% de aproveitamento, esse sem dúvida não pode acontecer no próximo jogo da série, para efeito de comparação no ultimo jogo contra OKC eles arremessaram apenas 25 vezes e acertaram 6, tendo apenas 24% de acerto em bolas de longa distancia. É claro que OKC não tinha tanta qualidade na bola de 3 como tem os Spurs, por isso mesmo o Memphis não pode deixar tanto espaço como deixou hoje.

Destaques positivos

Marc Gasol com 15 pontos e 7 rebotes
e o cestinha do Memphis Quincy Pondexter com 17 pontos (pela terceira vez maior marca da carreira).

Destaque negativo

A falta de pontaria de Zach Randolph que foi minado pela defesa dos Spurs, e saiu com 1-8 em arremessos de quadra.

A equipe entra em quadra do AT&T Center na próxima terça as 22:00 horário de Brasília.


Acessem nossa página no Facebook "Memphis Grizzlies Brasil"

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Está definido a Final do Oeste em 2013 será Grizzlies vs Spurs


Após a vitória de ontem do San Antonio Spurs diante do Golden State Warriors em plena Oracle Arena, por 94 x 82 o time texano se classificou para a final da conferencia oeste e enfrentará a equipe do Memphis Grizzlies, reeditando o confronto na primeira fase dos playoffs de 2011.


Spurs vs Grizzlies, Randolph vs Duncan veremos muito essa cena nesta série

CONFRONTOS NESTA TEMPORADA

Este ano as equipes, ambas da divisão Southwest, se enfrentaram 4 vezes com duas vitórias para cada lado. Nesses quatro confrontos os mandantes venceram.


01 de Dezembro de 2012,  SAS 99   vs 95   MEM em SA
11 de Janeiro de 2013,      SAS 98   vs 101 MEM em Memphis
16 de Janeiro de 2013,      SAS 103 vs 82   MEM em SA
01 de Abril de 2013,          SAS 90   vs 92   MEM em Memphis

ANÁLISE

Sem dúvidas o mando de quadra será de extrema importância nessa série que promete ser longa e complicada. De certa maneira Memphis e San Antonio são as duas melhores equipes da conferência Oeste, ignoro é claro o OKC que sem o Westbrook não é a mesma coisa. Apesar de ter acabado em quinto lugar a equipe do Memphis fez uma grande temporada regular e poderia ter facilmente garantido o terceiro lugar da conferencia caso não tivesse perdido jogos fáceis em casa contra Phoenix, 76ers, Portland e Hornets, por exemplo. Porém a equipe fez uma bela temporada regular e "azeitou" o esquema de jogo de vez o esquema de jogo quando a troca entre Toronto-Detroit-Memphis aconteceu, a troca do Rudy Gay pelo Tayshaun Prince foi essencial para dar um maior poder defensivo para a nossa equipe.

Bem entrosada e com um sólido sistema de jogo vejo Memphis e SAS em condições muito parecidas para essa série, as duas equipes jogam um bom basquete coletivo envolvendo bem todos os jogadores em quadra.
Acredito que o SAS tem como vantagem um banco um pouco melhor que o Memphis e a experiência de caras como Duncan, Parker, Ginobili e cia. Enquanto o Memphis tem uma equipe mais jovem que a do SAS que devem estar mais cansados do que os Grizzlies, e uma ótima defesa, na minha opinião a melhor da NBA.

Essa série será com certeza bem parelha e provavelmente decidida no garrafão Gasol e Randolph terão que continuar jogando o bem para parar Splitter e Duncan, e a equipe toda continuar defendendo bem e não deixar o francês Tony Parker abusar das infiltrações no garrafão.
A importância do mando de quadra será enorme e ganhar ao menos 1 dos dois primeiros jogos da série serão decisivos para garantir uma vaga na final da NBA.

Abaixo o dias e horários das Finais do Oeste, caso alguma ESPN ou Space forem transmistir algum jogo irei informar aqui.
Em vermelho os times mandantes
* Se necessário

MEM vs   SAS  Domingo(19/05) às 16:30 horário de Brasília AO VIVO NA ESPN
MEM vs   SAS  Terça  (21/05) às 21:00 horário de Brasília
MEM vs  SAS  Sábado (25/05) às 21:00 horário de Brasília
MEM vs  SAS  Segunda(27/05) às 21:00 horário de Brasília
*MEM vs SAS Quarta (29/05) às 21:30 horário de Brasília
*MEM vs SAS Sexta  (31/05) às 21:00 horário de Brasília
*MEM vs SAS Domingo(02/06) às 21:00 horário de Brasília

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Grizzlies Brasil - Primeiro post

Fãs do Memphis Grizzlies sejam bem vindos, neste blog serão postadas análises e notícias sobre o Memphis na NBA e sua filial na D-League, o Reno Bighorns.
A ideia é ser um ponto de encontro para os fãs brasileiros dos Grizzlies discutirem sobre a equipe. Se alguém quiser colaborar com postagens ou ideias só entrar em contato.

Na última quarta-feira o Memphis bateu o OKC fora de casa, fechando a série em 4-1 e garantiu vaga para a sua primeira final de conferência da história.

É só o começo do blog, em breve alguns posts sobre as perspectivas do Grizzlies nas finais do Oeste.